» » » FESTA DE AREMBEPE Evento encerra com saldo positivo

Apresentação da banda Harmonia do Samba

                                              FOTO: JOEDSON GUIMARÃES
O público da Festa de Arembepe se despede em grande estilo do palco da Arena Paz e Amor na noite deste domingo (11/3). Por lá, as pessoas dançaram a descidinha “No talento” do Harmonia do Samba e ficaram “Perdidos de Amor” com o reggae contagiante de Edson Gomes. Mas pra quem pensa que a edição 2018 está no final, está enganado, pois na segunda-feira (12/3) a festa continua com o tradicional Baile dos Coroas, que encerra oficialmente o evento e terá como atração principal o cantor Canindé.
Arembepe durante quatro dias respirou e transpirou arte, lazer e cultura. Foram mais de 60 atrações que resultaram em 100 horas de música e muita diversão. Diversidade de músicas e ambientes marcou o evento que contou com uma mega estrutura composta por três palcos e um trio parado em diferentes pontos da localidade, permitindo não apenas espaços mais tranquilos, como contribuindo para rotatividade de público ao longo de todo o percurso da festa, aquecendo assim as vendas dos 200 ambulantes cadastrados, além dos 100 barraqueiros distribuídos na Arena Paz e Amor.
A estimativa é de que 90% dos leitos da rede hoteleira de Arembepe foram preenchidos. A visitação também aumentou o consumo em bares, restaurantes, lojas e praias, aquecendo a economia local. Para o prefeito Elinaldo Araújo, o balanço da festa é bastante positivo. “A programação da Festa de Arembepe foi reconhecida pela população. Tudo transcorreu com segurança, alegria e geração de emprego e renda”, declarou ao afirmar que tem a mesma expectativa para o Camafolia, que foi anunciado durante o evento e vai ocorrer em setembro.
Um grande destaque ficou por conta da grade de atrações composta, em sua maioria, por artistas da terra, valorizando dessa forma a prata da casa, prioridade número um do governo no calendário de eventos da cidade. Até segunda-feira (12/3) terão passado pela avenida principal da localidade 17 blocos que, com certeza, deram um brilho especial e fizeram a alegria dos associados. A maioria deles foram conduzidos por bandas e cantores locais, que se apresentaram em minitrios para proporcionar mais espaço ao público e facilitar a locomoção do veículo dentro do trajeto.
A edição desse ano superou a expectativa de público e atraiu, nos três primeiros dias de festa, cerca de 90 mil pessoas. O tema “50 anos do Movimento Hippie em Arembepe” e subtema, “Paz, Amor e Alegria” descrevem bem como foi o clima em Arembepe. Só para garantir a segurança, atuaram 200 policias, entre civis e militares, além de 100 seguranças particulares. Os profissionais contaram com apoio de câmeras de videomonitoramento.
Quem exagerou na bebida, passou mal ou se machucou durante o evento teve acesso a um excelente espaço de saúde, onde pôde contar com uma equipe composta por dois médicos plantonistas, dois enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem e duas recepcionistas por dia. O módulo dispôs de um leito de sutura, um de parada e seis de observação e duas ambulâncias. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que teve equipe reforçada, e da Base do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), ambas situadas na comunidade, deram o suporte necessário.
A Festa de Arembepe, maior festa popular da Região Metropolitana depois do Carnaval, encerra o ciclo de festejos populares de Camaçari e do verão baiano. O sucesso é resultado do empenho de toda gestão, assegurada pela intersetorialidade e o trabalho direto de 200 profissionais da prefeitura.



Autor: Ascom/PMC

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply