» » » General diz que preconceito contra militares ‘continua a existir’

 Militar ganhou apoio de acadêmicos com declaração sobre o preconceito no Brasil.
Aplaudido de pé durante palestra na Escola Superior de Guerra, no bairro da Urca, zona sul do Rio de Janeiro, o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira, ex-comandante das forças da ONU, alertou ao público sobre o preconceito existente no país contra a classe militar.

O encontro entre militares pautou a segurança pública no Rio de Janeiro e a recente intervenção federal que acontece no estado.
Durante a palestra, o general declarou seu apoio a escolha do militar general Walter Souza Braga Netto, como interventor federal na área da segurança, mas denunciou a descriminação sofrida pelos militares.
“É impressionante o preconceito que continua a existir contra os militares, não tem razão de ser. Após o fim do regime militar, as Forças Armadas têm sido o baluarte da democracia no Brasil”, disse. General Heleno ainda ganhou o apoio da plateia formada por militares e acadêmicos afirmar que “o país luta contra todos os preconceitos, menos contra esse”.
Além do general Heleno, participaram da palestra aberta ao público na ESG o desembargador Milton Fernandes, o presidente do Tribunal de Justiça do RIo e a professora Alba Zaluar da Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro).
Na última semana, o presidente Michel Temer, em entrevista a rádio Jovem Pan falou sobre o assunto. Na ocasião, o presidente pediu para que as Forças Armadas tivessem uma maior participação na administração, mesmo sem o interesse de se envolver na política. “Tem que acabar com esse preconceito de que as Forças Armadas não podem fazer nada. Temos que trazer as Forças Armadas para a administração, precisamos acabar com esse preconceito. Eu disse várias vezes aos oficiais militares que eles não precisam entrar na política, mas que precisam ajudar a administração”, declarou.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply