» » » TSE envia documento contra voto impresso em eleições para o STF

Tribunal afirma que medida se trata de retrocesso e que pode violar o sigilo do voto
Foto: Divulgação TSE
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se posicionou em documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), contrariamente a adoção do voto impresso, que será implementado na eleição deste ano por lei. De acordo com o TSE, a medida representa um “inegável retrocesso no processo de apuração das eleições, capaz de restabelecer episódios que contaminaram as eleições brasileiras até a introdução da urna eletrônica”.
 O documento, que foi encaminhado na última terça-feira(6) ao STF,  foi assinado pela assessora jurídica Izabella Belusio dos Santos, e referendado pela assessora-chefe da Assessoria Jurídica, Lilian de Moura Andrade, e pelo secretário de Tecnologia da Informação, Giuseppe Dutra Janino.
O TSE aprovou uma resolução que determina a utilização do voto impresso nas eleições. Caso a norma não seja derrubada, 30 mil urnas eletrônicas irão receber impressoras. Até 2028, todas as urnas deverão estar adaptadas. O relator da ação no STF é o ministro Gilmar Mendes

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply