» » » Braço direito de Roceirinho é localizado e cai no cartucho; comparsa também morre

O braço direito do traficante Adilson Souza Lima, o ‘Roceirinho’, fundador da facção criminosa Katiara, criada no Recôncavo Baiano e considerada a mais cruel da Bahia, foi localizado, na noite de quarta-feira (25). Judinei Santos Brito, conhecido como ‘Nei’ ou ‘G.U’, foi abordado, na região conhecida como Trevo de Tanquinho, na BR 324. Jonathan Moreira Assis, o ‘Jonh’, comparsa de Nei, também foi encontrado durante ação policial.
Nei e Jonh eram ligados a homicídios, crimes contra instituições financeiras, roubos de gado e tráfico de drogas. A dupla foi flagrada após denúncia anônima que revelou uma movimentação suspeita de veículos, naquela região. Ao perceberem a aproximação policial, atiraram contra as equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Litoral Norte. Eles foram socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiram aos ferimentos.
Julgado por tráfico de drogas, Nei também tinha mandado de prisão em aberto. Jonh saiu do presídio de Feira de Santana há cerca de quatro meses, onde cumpriu pena pelo homicídio de Natanael Pereira Brito. O crime ocorreu em 2013. Com os criminosos foram apreendidos um revólver calibre 32, uma espingarda calibre 12, munições e cartuchos para ambos, um carro modelo Fiat Siena com restrição de roubo, e um Gol.
Eles participaram do assalto frustrado à fazenda Morro da Malhadinha, situada em Pintadas, na última terça-feira (23). Foram alcançados por unidades da 98ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Ipirá), mas fugiram do local levando o carro e vítimas que foram liberados em seguida.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply