» » » Articulador político do presidente do Sindicato dos Policiais Civis é preso por estupro e falsidade ideológica

Uma ação de investigadores do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (DCCP) da Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (06/11), resultou na prisão de homem foragido e condenado a 11 anos por estupro de vulnerável. Segundo informações, Fábio Santos Barreto, 36 anos, cometeu o crime em 2012 na cidade de Ilhéus e atuava como “articulador político” do presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia, Marcos Maurício, que disputou uma vaga para o Senado Federal esse ano e foi derrotado.
Ele foi preso dentro da sede do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindipoc), no Centro de Salvador. Fábio Barreto ainda foi orientado por Maurício a não responder os questionamentos dos agentes, pois “tinha o direito de se manter em silêncio”. Ainda de acordo com a fonte, o homem também apresentou uma identidade falsa em nome de Marcos Souza dos Santos. Além do documento falso, os policiais apreenderam um cartão de visita em que que Fábio se apresentava como “articulador político”.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply