» » » Risco de rompimento de barragem da Vale provoca retirada de moradores na Zona da Mata

Foto: Marcos Alfredo Gomes / Itatiaia Juiz de Fora
O risco de rompimento da barragem da usina hidrelétrica Melo, que pertence à Vale e fica no município de Rio Preto, obriga 29 moradores do povoado de Conceição de Monte Alegre, distrito de Santa Bárbara de Monte Verde, na Zona da Mata de Minas, a deixarem suas casas na manhã deste sábado.
A retirada preventiva ocorre porque a barragem encontra-se em nível elevado de risco, em razão de uma forte chuva que atingiu a região nessa sexta-feira (15). Uma das galerias da barragem ficou inundada e o responsável considerou mais prudente retirar os moradores, que devem ser levados para um hotel no Centro da cidade ou casas de parentes. 
"A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil recebeu uma notificação da empresa CH Melo, que pertence à Mineradora Vale, informando que foi acionado o nível 2 de emergênciada da barragem de água Central Hidrelétrica Melo, localizada no município de Rio Preto. Em virtude da elevação do nível de emergência, a empresa acionou, preventicamente, o Plano de Ação de Emergência da barragem", diz nota da Defesa Civil.
Em nota enviada à Rádio Itatiaia, a Vale informa que acionou o nível 2 do plano de emergência da 'Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Mello, em Rio Preto, Minas Gerais. O acionamento se deve à elevação do nível de água no reservatório da hidrelétrica, causado pelas chuvas intensas na região'. Confira a íntegra:
A Vale informa que acionou o nível 2 do plano de emergência da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Mello, em Rio Preto, Minas Gerais. O acionamento se deve à elevação do nível de água no reservatório da hidrelétrica, causado pelas chuvas intensas na região. 
Desde novembro do ano passado, a barragem passa por obras visando o aumento da segurança e foi estabelecido um gatilho para o acionamento do plano de realocação de pessoas para fora da Zona de Autossalvamento (ZAS) relacionado ao nível de água do reservatório.
A Vale acionou os moradores e disponibilizou hospedagem. São 10 propriedades rurais na ZAS e 29 pessoas mapeadas, sendo que algumas possuem residências em área urbana e não são moradores fixos. A Vale reitera que está prestando toda a assistência aos moradores.
A Vale está monitorando a situação. A barragem e o nível de água encontram-se estáveis. Ainda não há previsão de retirada de alerta.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply