» » Galvão Bueno chama Banda Didá de 'Olodum feminino' e é criticado nas redes

Grupo percussivo feminino se manifestou sobre a gafe por meio do Instagram, com a hashtag #pegavisãogalvão.
Foto : Reprodução / TV Globo
O narrador Galvão Bueno cometeu uma gafe ao confundir, na manhã de hoje (9), a banda percussiva Didá com o bloco Olodum. O grupo feminino tocou no Pelourinho e embalou a festa da estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo, com vitória por 3 a 0 sobre a Jamaica. Tradicionalmente, durante o Mundial masculino, é o Olodum que aparece nas transmissões da Globo.
Nas redes sociais, internautas apontaram a falha de Galvão, que se repetiu diversas vezes ao longo da transmissão. "Faltou alguém dizer a Galvão Bueno na transmissão do jogo de hoje, que não existe Olodum feminino, quem estava tocando no Pelourinho era a Banda Didá, um grupo de mulheres percussionistas criado há 25 anos. Até quando se quer homenagear mulher realizam apagamento!", escreveu o historiador Henrique Oliveira, no Twitter.
Por meio do Instagram, a banda Didá se manifestou sobre a gafe. "Olodum feminino? A Didá existe há 25 anos falando de Samba-reggae na resistência negra feminina. Anota aí... é Didá Banda Feminina, a primeira banda percussiva feminina que se tem notícias na história do país. #pegavisãogalvão", diz a publicação.
Faltou alguém dizer a Galvão Bueno na transmissão do jogo de hoje, que não existe Olodum feminino, quem estava tocando no Pelourinho era a Banda Didá, um grupo de mulheres percussionistas criado há 25 anos. Até quando se quer homenagear mulher realizam apagamento!

469 pessoas estão falando sobre isso

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply