» » Ativista do movimento “Black Lives Matter” é encontrada morta

Foto:Reprodução
A ativista Oluwatoyin Salau, do movimento “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam), foi encontrada morta na segunda-feira (15/06), na cidade de Tallahassee, na Flórida, nos Estados Unidos. A mulher havia sido vista pela última vez no dia 6 de junho e seu corpo foi encontrado junto ao de uma idosa de 75 anos.
A polícia conseguiu identificar e prender o homem apontado como autor do crime, Aaron Glee Jr, de 49 anos. O acusado já tinha passagens. Em 30 de maio, ele foi capturado por agredir uma mulher após desentendimentos relacionados a favores sexuais.
A jovem ativista desapareceu no dia 6 de junho e publicou em seu Twitter o que teria acontecido. De acordo com as postagens de Salau, um homem negro havia lhe oferecido uma carona até uma igreja da região, onde Salau estava refugiada após sofrer abusos sexuais e viver em “condições injustas”.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga