» » Pele Protegida, Verão Seguro

 Dermatologista do Instituto Bahiano de Imunoterapia (IBIS) indica cuidados mais eficazes para combater o câncer de pele

 

O câncer de pele é uma das formas mais comuns de câncer. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, esta doença responde por 33% de todos os diagnósticos no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos. A boa notícia é: quando detectado precocemente, as chances de tratamento bem-sucedido aumentam significativamente.

De acordo com a dermatologista do Instituto Bahiano de Imunoterapia (IBIS), Dra. Daniele Pereira, identificar possíveis lesões suspeitas é crucial para um tratamento eficaz. "Recomendamos fortemente uma avaliação anual com um dermatologista. Essa prática permite detectar precocemente qualquer alteração na pele na pele sugestiva de câncer, aumentando as chances de tratamento bem-sucedido e reduzindo a probabilidade de disseminação para outras áreas do corpo", enfatiza.

A exposição à radiação ultravioleta (UV) é apontada como o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele, por promover alterações permanentes e cumulativas nas células da pele, contribuindo para o surgimento do câncer. Por isso, é essencial adotar medidas rigorosas de proteção.

“A principal arma na prevenção do câncer de pele é a fotoproteção. Evitar exposição no período crítico entre 9h e 15h, a aplicação regular de filtro solar, utilização de chapéus, óculos de sol e roupas com proteção UV, são aliados importantes na prevenção. Além disso, lembrar sempre de proteger áreas frequentemente esquecidas, como orelhas, pescoço, lábios e pés.”

Ao adotar práticas simples de proteção e estar atento a possíveis alterações na pele, cada indivíduo pode contribuir para a detecção precoce e, consequentemente, para um tratamento mais eficaz do câncer de pele. Quando identificado precocemente, o tratamento pode ser mais eficaz, reduzindo a chance de disseminação para outros locais. "Pequenos cuidados diários fazem uma grande diferença na prevenção dessa doença", conclui a dermatologista.

 

Dra. Daniele Pereira é dermatologista na clínica IBIS – Salvador, pertencente ao Grupo CITA (Centros Integrados de Terapia Assistida), referência em tratamentos de doenças autoimunes no Brasil e está disponível para entrevistas sobre “Câncer de Pele”.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga