» »Unlabelled » Argentina quer mudar relações com a imprensa


O chefe de gabinete do governo argentino, Marcos Peña, anunciou a criação do Ente Nacional de Comunicações (Enacom), que vai absorver a Autoridade Federal de Serviços de Comunicação Audiovisual (Afsca) e a Autoridade Federal de Tecnologia da Informação e das Comunicações (Aftic), organismos criados durante o governo de Cristina Kirchner para regular meios de informação e telecomunicações.
Segundo Peña, a decisão, de autoria do novo presidente argentino Mauricio Macri, tem como meta propor o fim da guerra contra o jornalismo no país e o começo de uma nova era no setor.
Ele destacou, ainda, o papel “crítico e independente” do jornalismo e sublinhou que o curso assumido pelo governo atual fixa “uma nova doutrina na relação entre o Estado e o jornalismo” após um período em que se buscou “disciplinar os meios”.
As declarações foram dadas em entrevista na Casa Rosada, sede do governo argentino. O chefe de gabinete estava acompanhado do ministro das Comunicações, Oscar Aguad, e de Miguel Godoy, que foi designado como titular da Enacom. O organismo será criado por meio de decreto.



Agência Brasil

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply