» » Justiça autoriza cumprimento imediato da pena de José Dirceu

Último recurso do ex-ministro foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região e pena de 30 anos e 9 meses deverá ser cumprida.
Foto: Agência Brasil
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou o último recurso de José Dirceu na segunda instância na tarde desta quinta-feira (17) e autorizou o cumprimento da  condenação é de 30 anos e 9 meses. Agora o TRF-4 precisa emitir ao juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal no Paraná, o ofício autorizando a execução da pena.
Dirceu, que responde por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato, ainda pode recorrer em instâncias superiores. O ex-ministro estava preso no Paraná entre agosto de 2015 e maio de 2017, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu um habeas corpus para responder em liberdade, mas com monitoramento por tornozeleira eletrônica.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply