» » » Pedro Parente pede demissão da presidência da Petrobras

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta segunda-feira (1/6). A informação foi divulgada por meio de um pequeno comunicado da estatal.
Crédito da Foto: José Cruz/Agência Brasil
Ainda segundo a empresa, um novo CEO interino será designado para o cargo. Na semana passada, a Petrobras garantiu, também por meio de nota, que Parente não tinha a intenção de sair da presidência.

O ex-gestor tem um vasto currículo. Ele iniciou a carreira no serviço público no Banco do Brasil em 1971. Foi consultor do Fundo Monetário Internacional e de instituições públicas no País, Ministro de Estado e coordenador da equipe de transição do Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso para o Presidente Lula.
Parente já foi membro do Conselho de Administração da Petrobras  e Presidente deste Conselho. Atuou como Vice-Presidente Executivo (COO) do Grupo RBS e Presidente e CEO da Bunge Brasil. É presidente do Conselho de Administração da BM&FBOVESPA desde março de 2015.
A pressão sobre o ex-presidente começou depois do protesto dos caminhoneiros, que reclamavam dos altos preços dos combustíveis, principalmente do diesel. Segundo a Petrobras, isso acontece por conta da nova política da empresa, criada no comando de Pedro Parente, que é baseada no mercado internacional.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply