» » » ‘Indisciplinado’, Geddel faz greve de fome para continuar preso na Papuda

Redação
Juíza afirma que 'o isolamento disciplinar não prejudica o estado de saúde dele, que tem se recusado a receber todas as refeições diárias e sair para o banho de sol'.
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Depois de passar 1o dias numa cela solitária e de permanecer isolado no presídio da Papuda, em Brasília, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, agora, está fazendo greve de fome diante da possibilidade de ele ser transferido para outra unidade prisional.
De acordo com o blog de Andreia Sadi, no G1, a juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, afirmou ter ‘recebido informações do Presídio da Papuda de que, mesmo diante do isolamento imposto ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, ele permanece indisciplinado’
Segundo a juíza, em decisão do começo de julho, o isolamento disciplinar não prejudica o estado de saúde dele, que tem se recusado a receber todas as refeições diárias e sair para o banho de sol.
“Informa (a direção do presídio), ainda, que mesmo em isolamento disciplinar, Geddel vem se comportando de forma indisciplinada e vem se recusando ao recebimento de parte das quatro refeições diárias ordinariamente disponibilizadas a todas as pessoas em privação de liberdade naquela unidade prisional, insistindo em ter acesso à cantina do Bloco 5. Além disso, ele se recusa a sair diariamente para o banho de sol”, afirma a magistrada no despacho.
Geddel cumpre prisão em Brasília desde o ano passado por fraudes na Caixa Econômica Federal. Ele foi preso depois de a Polícia Federal ter apreendido, na Operação Cui Bono, R$ 51 milhões em dinheiro que estavam distribuídos em malas, em um apartamento supostamente utilizado pelo ex-ministro em Salvador.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply