» » » Joia tricolor: com boas atuações, Ramires cai nas graças da torcida

Meia de apenas 18 anos foi alçado ao profissional por Enderson Moreira e vive sucesso meteórico.
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
“Sensação inexplicável. A Fonte Nova lotada, jogar no Esquadrão. É um sonho de criança”, é como o meia Ramires, de apenas dezoito anos, resume seu momento no Bahia. Alçado ao profissional de surpresa na partida contra o Sport pelo técnico Enderson Moreira, o jovem tricolor vem fazendo boas atuações e já caiu nas graças da torcida.
Momento coroado com seu primeiro gol como profissional no triunfo contra o Botafogo na última quinta-feira (20). O plano de homenagear o pai durante o jogo, falecido a dois anos, não deu certo no meio da euforia, mas achou seu espaço na coletiva desta quinta-feira (21).
“Perdi ele quando tinha 16 anos. Faz dois anos que perdi ele. Falei para mim mesmo que quando fizesse gol no profissional eu iria comemorar dançando reggae. Infelizmente na euforia não deu. Mas ele sabe que sempre estarei com ele no meu coração. Ele era fã de reggae. Sempre escutava reggae. De manhã cedo eu acordava com ele escutando Edson Gomes. Ele gostava de “Árvore”, tem uma que é assim: “Vamos amigo, lute! Vamos amigo, lute! Vamos amigo, lute! Uoou! Vamos amigo, ajude! Senão a gente acaba perdendo o que já conquistou”, cantou Ramires.
O sucesso tem mudado a vida do meia, que já posa para fotos com torcedores e viu sua fama pipocar. “Em média acho que já ganhei uns 10 mil seguidores. Fui no shopping um dia desse e um cara me viu, me pediu para tirar foto. Muitas mensagens. Mas não posso me deslumbrar com isso. É não se deslumbrar e manter o foco”, afirmou.
Com o bom desempenho, Ramires deverá ser titular na partida contra o Vasco, na próxima segunda-feira (24), em São Januário, pela 26ª rodada do Brasileirão.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply