» » » Haddad diz que ministro da Fazenda será economista ou empresário, não banqueiro

Foto:Reprodução
Segundo ele, o perfil que pretende para o ocupante do cargo é o de alguém comprometido com a geração de empregos e a preservação de direitos sociais.O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (11) que, se eleito, o ministro da Fazenda não será um banqueiro, mas um economista ou um empresário.

Segundo ele, o perfil que pretende para o ocupante do cargo é o de alguém comprometido com a geração de empregos e a preservação de direitos sociais.

“O nosso ministro da Fazenda vai ser um economista ou um empresário. Você citou um que é um grande nome [Josué Gomes, presidente da Coteminas], foi cotado para vice-presidente na nossa chapa. Então, tem todas as condições e perfil e sensibilidade social. Ou seja, geração de empregos e não cortar direitos sociais. Esse é o perfil que eu vejo. Eu posso te adiantar que o ministro da Fazenda não será um banqueiro”, declarou em entrevista à rádio CBN, nesta sexta-feira (12).

Na oportunidade, o petista também criticou o economista da campanha de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, anunciado pelo adversário como futuro ministro de uma pasta que reunirá Fazenda e Planejamento.

“Eu não quero um banqueiro no Ministério da Fazenda como o Paulo Guedes. O Paulo Guedes especulou a vida inteira no sistema financeiro, no mercado financeiro. Ele não entende de geração de emprego. Ele entende de juro. Ele entende de ganhar dinheiro especulando”, ressaltou.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply