» » » Em depoimento, Pezão nega propina e diz conta está ‘desativada’

Fonte:Agência Brasil

Acompanhado do advogado, governador do Rio falou por três horas.
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Após ser preso, o governador do Rio de Janeiro,  Luiz Fernando Pezão, negou que tenha recebido propina e usado dinheiro ilícito para pagar despesas pessoais. Em depoimento, ele disse que tem  uma conta pessoal, mantida com seus próprios proventos, e não a que foi apresentada pela Polícia Federal, que está desativada e zerada. A informação é do Globo.
O governador também afirmou à  Polícia Federal que não se envolveu com a arrecadação de dinheiro para a sua campanha a governador em 2014. Segundo Pezão,  quem fazia isso era Cabral e do ex-secretário de Obras Hudson Braga.
O primeiro depoimento dele foi  acompanhado pelo advogado do governador, Flávio Mirza, na sede da PF na Praça Mauá e durou cerca de três horas. Mirza disse que Pezão, se quisesse, tinha o direito constitucional de permanecer calado. Mas optou por falar, de acordo com o advogado, por entender que “nada tem a esconder”.
— O delegado apresentou uma conta de Pezão que estava praticamente zerada para sustentar que o governador era mantido por propina. Porém, tal conta está desativada há tempos. Pezão usa uma outra conta para pagar as despesas pessoais. Isso é um erro da investigação — garantiu Mirza.
Pezão, ainda segundo Mirza, estava tranquilo durante o depoimento e não se negou a responder qualquer pergunta.

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply