» » » Seminário marca encerramento da Parceria Votorantim em 2018

O seminário de encerramento da Parceria Votorantim pela Educação (PVE) no ano de 2018 foi marcado por muita emoção e uma programação extensa que acontece ao longo desta quarta-feira (28/11). O evento reuniu, no Teatro Alberto Martins, gestores e coordenadores pedagógicos das unidades escolares, formadores do PVE, equipe técnica da Diretoria Pedagógica (DIPE) da Secretaria da Educação (Seduc) e mobilizadores sociais.
 A ação teve a proposta de promover a divulgação e reflexão sobre o processo de implantação e os principais resultados da PVE realizados pela Seduc, bem como apresentar as experiências exitosas dos projetos de leitura, com foco na aprendizagem, realizadas em escolas da rede municipal que participaram da parceria.
 O evento também abriu espaço para os mobilizadores, grupos sociais que atuam na localidade e que passaram a interagir com o ambiente escolar através de ações e projetos, sendo um elo entre estudantes, professores e a comunidade. A apresentação do Projeto Institucional de Leitura do município e o produto final elaborado pela equipe técnica da Dipe, previstos para serem implantados entre 2019 e 2022, também fez parte da programação.
 Após a abertura oficial, teve início as apresentações das escolas de referência no projeto, que são as dos anos finais (6º ao 9º ano). As primeiras unidades que relataram suas experiências foram a Amélia Rodrigues e Thomaz Camilo, ambas na Costa do município, que falaram sobre o que cabe ao gestor e coordenador pedagógico na PVE. Para abordar sobre o papel dos gestores escolares, foram chamados os representantes das escolas municipais Anísio Teixeira e Cosme de Farias.
 A diretora da Escola Cosme de Farias, no Phoc I, Edicleia Pereira Dias, pontuou que no dia a dia os gestores escolares se envolvem em vários processos e ficam presos à escola e ao que acontece nelas. “O formador da PVE nos convidou a refletir a educação em rede e pensar na escola de maneira distanciada, enxergando a maneira como ela é vista de fora, e ponderar como ela contribui para a existência da rede de ensino”, disse. A gestora acrescentou ainda que “a reflexão foi importante, pois diante de tantos dados, como o senso escolar, o PDDE Interativo e a Prova Brasil, criamos metas e ações para atuar nos pontos francos identificados”, concluiu.
 A secretária Neurilene Martins destacou que o município está na fase de implementação da Base Nacional Comum Curricular e de publicação do Referencial Curricular Municipal e que trabalhos como estes são estratégicos e contribuem para o processo. “Estou atenta às parcerias externas, como a feita com o grupo Votorantim, que possuem sintonia com as estratégias e o sistema pedagógico adotado pelo município, que envolve alunos, professores e comunidade, e põe a escola como protagonista, atenta ao processo de aprendizagem das crianças”, finalizou.

 De acordo com Júlio Maria Neres, formador do grupo de gestores escolares do PVE, dentre os inúmeros avanços obtidos, o principal é que o grupo conseguiu perceber-se como rede. “Passaram a fazer planos e planejamentos conjuntos, olhar para os alunos a partir da rede e não de cada escola em particular, desenvolvendo as competências para todos os gestores escolares do município”, explicou.
 A parceria com o grupo Votorantim começou em 2017, com a temática da educação inclusiva. Esse ano, o ponto central foi a leitura com o foco na aprendizagem. Apesar da Parceria Votorantim pela Educação estar centrada no ensino fundamental II, as estratégias foram multiplicadas e difundidas pela Secretaria da Educação para toda a rede de ensino. Segundo a gestora da Seduc, uma reunião com o grupo Votorantim já está agendada para tratar sobre a possibilidade de continuar com o PVE no município.
Fotos: Tiago Pacheco

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply