» » » Barracas de fogos de artifício são vistoriadas pela Defesa Civil e Corpo Bombeiros

A Prefeitura de Camaçari tem desenvolvido um trabalho de conscientização da população a fim de que, na época junina, não se faça a comercialização de fogos sem as devidas autorizações. Em virtude disso, e com o objetivo de garantir que os materiais estejam dentro das normas exigidas, a Defesa Civil e o 10º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) vistoriaram, nesta quinta-feira (13/06), barracas que comercializam fogos de artifício.

As barracas precisam da autorização da Prefeitura para comercialização e possuir projeto de segurança específico, além de cumprir alguns requisitos para funcionar. Dentre as exigências, precisam de uma licença específica para barracas de fogos de artifício, que deve ser solicitada ao Corpo de Bombeiros, localizado na via principal da Avenida 28 de Setembro (Radial A). Caso isso não ocorra, os responsáveis serão notificados e estarão passíveis de aplicação de penalidades como multas e interdições.
De acordo com o Subtenente e Chefe de Fiscalização do Corpo de Bombeiros, Enéias, a população não pode ser exposta a riscos com as vendas de fogos de forma irregular.  “Mesmo que algumas barracas adotem medidas de segurança, que devem ser observadas, estamos atentos e preocupados com esta atividade e por este motivo estamos fazendo a fiscalização e as devidas notificações, esperando coibir o comércio irregular e garantir a segurança de todos”, disse.
Durante a vistoria é observada a documentação de autorização de funcionamento, o auto de vistoria por parte do Corpo de Bombeiros, instalação dos equipamentos conforme projeto de segurança contra incêndio e pânico (extintores, luminárias de emergência, brigada de incêndio, placas de sinalização e placas indicativas com os dizeres “perigo” e “proibido fumar”), entre outras normas de segurança.
O coordenador da Defesa Civil, Ivanaldo Soares, falou sobre a preocupação em evitar acidentes e sobre os cuidados com as compras e o manuseio dos fogos. “Estamos verificando as condições dos estabelecimentos e se estão funcionando de maneira correta. É importante dizer que os fogos são classificados por categorias: A e B são para crianças e adolescentes, já as C e D são para maiores de 18 anos, então o cuidado com o manuseio de fogos é muito importante para evitar acidentes. Também é fundamental não soltar os fogos perto de outras pessoas ou de fiações elétricas”, ressaltou Ivanaldo, acrescentando que os clientes devem atentar para adquirir apenas artefatos com certificados.
 Dona Lucivânia Ramos Paes trabalha com o comércio de fogos há 30 anos. Com a barraca montada na Avenida Tupinambás (Radial C), a comerciante ficou atenta a todas as orientações que recebeu e aprovou a ação dos órgãos. “É importante para a segurança de todos. Não tinha conhecimento de algumas destas informações, mas vou buscar regularizar a situação”, falou, acrescentando que está na expectativa de que as vendas aumentem com as comemorações de Santo Antônio.
 A ação aconteceu na sede do município e vai se estender para a Costa de Camaçari. Os comércios de fogos podem ser encontrados no Centro, próximo à Praça da Simpatia, e na Radial C. Pontos clandestinos de venda e fabricação de fogos de artifício devem ser denunciados através do telefone 199, para que a Defesa Civil tome as medidas cabíveis.
Participou também da ação, o fiscal da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), José Carlos.

Agência de Noticias PMC

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply