» » 'Se meu mandato no Bahia tivesse se encerrando, eu seria candidato', diz Bellintani

Ele declarou que, caso optasse por concorrer ao cargo político, seria uma ruptura com o que ele prometeu junto ao torcedor tricolor.
Foto : Matheus Simoni/Metropress
O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, confirmou que tinha interesse em sair como candidato a prefeito de Salvador no bloco político ligado ao governador Rui Costa (PT), mas que definiu pela permanência no tricolor até o fim do mandato como dirigente do clube.
Em entrevista a Mário Kertész na Rádio Metrópole hoje (30), durante o Jornal da Bahia No Ar, ele declarou que, caso optasse por concorrer ao cargo político, seria uma ruptura com o que ele prometeu junto ao torcedor do Esquadrão de Aço. "Se meu mandato tivesse se encerrando, provavelmente eu seria candidato. Mas eu não quero fazer essa cisão agora", disse. Ainda de acordo com Bellintani, em conversas recentes com o governador, houve uma identificação muito grande em bandeiras partidárias, mesmo que ele tenha sido "lançado" ao mundo político quando foi secretário do prefeito ACM Neto (DEM).
"Sempre votei na esquerda e sempre considerei voltado à promoção humanística. Via essa liberdade nas conversas com o governador para o que eu pensava para Salvador. Iria, tranquilamente, avisar a Neto que seria candidato. Digo que minha missão com o prefeito foi de muito respeito, mas ninguém deve nada a ninguém. Teria liberdade plena de ser um candidato num bloco de oposição a ele", acrescentou.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply