» » Jovens morrem após banho em tanque no Subúrbio; moradores falam em "doença misteriosa"

Crédito da Foto: TV Aratu
Um adolescente identificado como Ícaro, de 19 anos, e o amigo dele, Luan, 15, morreram vítimas de uma doença que já está sendo chamada de "misteriosa" no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Os dois se banharam no tanque de uma casa localizada no bairro de São Tomé de Paripe. O banho ocorreu na rua Ailton Melo, na terça-feira (4/2). A primeira vítima morreu logo no dia seguinte, enquanto Luan, na última quarta-feira (19/2). 
Ana Paula Souza é prima e vizinha de Ícaro. "Ele e três amigos estavam brincando em um campo aqui da rua e depois foram tomar banho no tanque. No dia seguinte, a madrasta e a tia [Helena da Conceição] viram que ele estava com calafrios e levaram para o hospital", disse ao Aratu On. O jovem foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), realizou exames que detectaram uma bactéria no pulmão, foi medicado e liberado. 
Segundo Helena, Ícaro voltou a passar mal no dia seguinte. "Ele começou a gritar de dor, gofar sangue pelo nariz e boca. A madrasta viu e levou ele novamente para a UPA", argumentou, completando que o jovem morreu no momento em que chegou na unidade. O laudo do óbito aponta para causas naturais, mas familiares afirmam ter sido uma junção de fatores: a água do tanque contaminada e negligência no atendeminto na UPA. 
ÓRGÃOS 
A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) disse estar investigando o caso. Já a Secretaria Municipal da Saúde sustentou que a UPA prestou o atendimento necessário. "Ambos receberam atendimento dentro dos protocolos preconizados, inclusive com a realização de exames para investigação das patologias". Destacou também que "irá investigar a suposta negligência médica para esclarecimento dos casos". 
Uma equipe da Vigilância Epidemiológica estava na rua nesta quinta-feira (20/2) inspecionando o tanque.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply