» » Professor emérito da Ufba, Armênio Guimarães, morre aos 87 anos

O motivo da morte ainda não foi divulgada.

Foto : Reprodução

O professor emérito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Armênio Guimarães, morreu neste domingo (19). O motivo da morte ainda não foi divulgada.

Armênio Guimarães graduou-se em medicina pela Ufba em 1956 e ingressou como livre docente de clínica propedêutica médica na Universidade em 1962, cadeira da qual se tornaria titular em 1972. Ele ocupou o cargo de pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da universidade entre 1976 e 1979; atuou como coordenador do comitê de ética da Residência Multiprofissional em Cardiologia do Hospital Ana Nery, então vinculado à Ufba; e, em 2008, foi homenageado pela universidade com o título de professor emérito.
O médico era membro da Academia de Ciências da Bahia e acumulou cargos importantes nas sociedades brasileiras de Cardiologia e de Hipertensão.
A Ufba publicou uma nota de pesar e o Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, também lamentou, em sua conta no Twitter, a perda de "um dos mais ilustres médicos" da Bahia.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga