» » » Justiça revoga prisão domiciliar de "chefa" do tráfico de drogas em Porto Seguro

Crédito da Foto: divulgação/TJ-BA
A pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA), a Justiça revogou a prisão domiciliar de Sarah Maria Dias Caminha, condenada por tráfico de drogas em Porto Seguro. A condenada deverá voltar a cumprir sua pena em regime fechado.
Na decisão, o desembargador Antônio Cunha Cavalcanti levou em conta o argumento apresentado pelo promotor João Paulo de Carvalho, de que Sarah integra o alto escalão de uma facção criminosa na região e, por isso, sua prisão domiciliar implicaria em grande perigo à sociedade. 
A prisão domiciliar havia sido concedida com base em argumento de que os filhos da condenada viveriam com ela. No entanto, o MP apurou que, na verdade, quem detém a guarda das crianças é a avó paterna. Os filhos, inclusive, vivem em outro município. Para o MP, em seu domicílio, Sarah teria oportunidade de voltar a cometer crimes graves e dificultar investigações que servem à instrução do seu processo.
Junto com o companheiro, Michael Wayne Passos Silva, conhecido como "Cara de Jegue", a mulher era uma das principais fornecedoras de entorpecentes nos eventos da classe média e alta em Porto Seguro. Michael está detido no presídio de Eunápolis.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga