» » Bloco Ilê Aiyê passa por dificuldades em meio à pandemia; saiba como ajudar

Com atividades paralisadas, agremiação precisa levantar R$ 400 mil para se manter.
Foto : Divulgação
Um dos mais tradicionais blocos afros da Bahia, o Ilê Aiyê precisou paralisar as atividades em meio à pandemia de covid-19 e enfrenta dificuldades financeiras. Em comunicado divulgado nas redes sociais, o presidente da agremiação, Antônio Carlos dos Santos, o Vovô, destacou que o "Mais Belo dos Belos" precisa levantar R$ 400 mil em recursos para se manter.
Além dos problemas causados pela pandemia, o Ilê ainda vive um imbróglio judicial que pode tornar necessária a venda da Senzala do Barro Preto, sede do bloco, localizada no Curuzu, em Salvador. 
Há quase 50 anos, o Ilê Aiyê desenvolve um trabalho social e cultural que vai além do Carnaval, com iniciativas de preservação da cultura afro-brasileira e ações educativas, a exemplo de cursos de percussão e da escola de educação infantil Mãe Hilda. 
As doações podem ser feitas por meio das plataformas PayPal e PagSeguro, além de depósito e/ou transferência bancária.

Como ajudar

Santander
Agência 3076-4
Conta Corrente 1303400-7 
Associação Cultural Bloco Carnavalesco Ilê Aiyê
CNPJ: 14.997.860/0001-56
PayPal
No campo de busca, procurar pelo e-mail ileaiye@ileaiye.org.br
PagSeguro 
Clique aqui

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga