» » » ‘Dignow do BDM’ estava em mansão avaliada em R$5 milhões; confira

Cristiano da Silva Moreira, o ‘Dig Now’, 33 anos, estava escondido em uma casa avaliada em R$5 milhões, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. De acordo com a fonte do Informe Baiano, na garagem do imóvel tinham dois carros de luxo, sendo uma Hilux e uma CRV.
 Ainda de acordo com a fonte do IB, o sucessor de Zé de Lessa e principal liderança da facção Bonde do Maluco (BDM), foi preso com documentos falsos por equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal, lotadas na Bahia, nesta sexta-feira (08/05). Desarmado, ele não reagiu, mas tentou fugir pelo fundo da residência e foi alcançado. Foram apreendidos ainda na investida 10 mil reais em espécie.

‘Dignow’ ocupava a mais alta carta do Baralho do Crime da SSP, o Ás de Ouro e possuía três mandados de prisão por envolvimento com tráfico de drogas, homicídios, roubos a banco e roubos a carros-forte. O homem deve ser recambiado para Salvador nos próximos dias.
Na quinta-feira (07/05), já havia ocorrido uma operação bem sucedida contra o BDM e resultou na morte de Tiago Neri Rosa, o ‘Canela’, que era o 02 da capital baiana. Ele trocou tiros com a Rondesp Atlântico em Brotas.IB


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga