» » Repórter da Globo relata racismo por usar máscara de proteção

Em relato ao programa 'É de Casa', Soares contou que as publicações racistas são situações cotidianas na internet.
Foto: Reprodução/ Instagram
O repórter Manoel Soares, da TV Globo, relatou neste sábado (9) que foi alvo de racismo nas redes sociais por usar máscara de proteção. Durante o programa ‘É de Casa’, ele contou que um internauta comentou: “Esse preto de máscara. Assalto?”.
No programa, Soares contou que as publicações racistas são situações cotidianas na internet, e recomendou que as pessoas tirem print das ofensas. O material pode ser utilizado como prova sobre o crime.
“Eu vi essa situação. Já passei ‘n’ vezes por esse tipo de situação, é desconfortável. Eu confesso que fico pensando o que passa na cabeça da pessoa que faz uma coisa dessa. Eu não entendi. Assaltante por quê? Quais são as características que me apresentam como assaltante só pelo fato de estar usando uma máscara?”, comentou.
Para Soares, a maior dificuldade foi ter de explicar para os filhos sobre o ocorrido. Por outro lado, a Justiça já foi acionada para tratar do caso, de acordo com o UOL.
“A gente encontra uma pessoa preconceituosa e centenas de outras pessoas que nos fazem bem. Eu tomei a decisão de olhar pro lado que me faz bem. Não vou dar audiência pra pessoas que não valem à pena”, disse.
Segundo a Folha de S.Paulo, o repórter ainda sugeriu que as pessoas não deixem o racismo pautar suas vidas.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga