» » » Indígena é assassinada e marido termina preso em Itaju do Colônia

Foto:Reprodução
Uma indígena de 28 anos, identificada como Laureana Ferreira Borges, foi assassinada na noite de sábado (30/05), no município de Itaju do Colônia, no sul baiano. A mulher recebeu 5 tiros e o crime ocorreu no banheiro da casa da vítima, na aldeia Bahetá, da etnia Pataxó Hahahãe.
O acusado foi preso 24 horas após o feminicídio, na Fazenda Bodas de Ouro, no distrito de Palmira. A arma utilizado no assassinato foi apreendida por policiais militares da Rondesp Sul e Jefferson Dias, 24 anos, confessou o crime.
Representante da comunidade indígena, a deputada estadual Neusa Cadore emitiu nota em solidariedade aos amigos e familiares.”Felizmente, a justiça foi rápida e o criminoso já se encontra preso”, pontuou. A parlamentar lembrou que “Laurena deixa dois filhos, entre eles um bebê de 11 meses, e teve interrompida uma vida cheia de sonhos e uma trajetória de luta em defesa da comunidade”.
“Nossa solidariedade aos povos indígenas da Bahia, ao Cacique Jean Pataxó e todos familiares de Laurena, amigos e comunidade da Aldeia Bahetá. Não podemos nos calar e nem naturalizar a violência. Seguiremos na luta por justiça e por Laurena e por todas as mulheres, reivindicando políticas públicas e contribuindo na construção de uma cultura de paz, onde todos e todas possam viver com dignidade e respeito”, concluiu a deputada Cadore, que é presidenta da Comissão dos Direitos Humanos e Segurança da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBa).

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga