» » Tartaruga desova na Praia da Barra, atraída pela tranquilidade do local vazio; veja vídeo

Fonte: Da redação

Crédito da Foto: reprodução/redes sociais
As medidas de restrição social aplicadas na capital baiana, para conter o avanço do novo coronavírus, provocaram mudanças na mobilidade, como a proibição do acesso a algumas praias. Três meses após o início da pandemia, já é possível observar uma grande diferença em regiões naturais da cidade.
Uma dessas mudanças é o esvaziamento e a diminuição dos resíduos em praias e, por conta disso, uma situação atípica ocorreu na noite desta terça-feira (16/6), na regiao da Barra, em Salvador.
Quem mora naquela localidade, mais precisamente na altura do Barra Center, teve a oportunidade de ver uma tartaruga marinha depositando seus ovos no espaço, atraída pela tranquilidade do local, praticamente vazio. De acordo com o Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA), da Guarda Civil Municipal (GCM), a desova na Barra é atípica, já que, em dias normais, o movimento costuma ser intenso, inclusive à noite.
ASSISTA: 
O órgão explicou que os animais costumam deixar seus ovos nas praias de Itapuã, Stella Maris e Praia do Flamengo, que são ecossistemas tidos como mais desertos. De acordo com o engenheiro agrônomo e comandante do GEPA, Robson Pires, além da região mais vazia, essas praias também estão livres de outras ameaças para as tartarugas, como resíduos plásticos e até mesmo as luzes noturnas, que confundem filhotes no retorno ao mar.
Pires esclareceu que a espécie que desovou na praia da Barra deve ser um animal adulto, com mais de 30 anos, e possivelmente enterrou uma quantidade de ovos que pode variar de 120 a 180. As equipes da GEPA e do Projeto Tamar visitaram o local na tarde desta quarta-feira (17), para localizar os ovos e os encaminhá-los para os cuidados da entidade. 


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga