» » OMS estima pico da Covid-19 no Brasil em agosto com 88 mil mortes ‘se país não mudar resposta’

Brasil já possui 1.496.858 de casos confirmados da Covid-19, com 61.884 óbitos.
(Foto: Antonio Molina /Fotoarena/Folhapress)
O pico da pandemia do novo coronavírus deve ocorrer no Brasil em agosto e o país pode ter mais de 80 mil mortes até lá. A previsão foi feita por integrantes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), braço regional nas Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Conforme a Opas, caso as condições de combate à Covid-19 no Brasil continuem iguais, a probablidade é que o país atinja 88,3 mil mortos até agosto, quando a situação deve se agravar.
Nos Estados Unidos, a previsão do médico Anthony Fauci, referência em pesquisas de doenças infecciosas no país, é que os casos de coronavírus podem chegar a 100 mil novos por dia.
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Segundo Carissa Etienne, diretora-geral da Opas, caso os países decidam abrir as economias, deve ser feito com cautela e se certificando que o número de testes será ampliado, assim como a garantia de manutenção do uso de máscaras e do isolamento social.
Em coletiva de imprensa, Etienne afirmou que “os números só serão esses se os países não mudarem suas respostas”.
Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil já possui 1.496.858 de casos confirmados da Covid-19, com 61.884 óbitos.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga