» » Justiça revoga prisão domiciliar do ex-médico Roger Abdelmassih, condenado pelo estupro de 56 pacientes

Fonte: Da redação, com informações do UOL

Crédito da Foto: reprodução/IstoÉ
O ex-médico Roger Abdelmassih, pelo estupro de 56 pacientes, teve a prisão domiciliar revogada pela Justiça de São Paulo. Desde abril deste ano, Abdelmassih cumpria regime domiciliar, por ser fazer parte do grupo de risco da pandemia de Covid-19, tanto por causa da idade avançada, quanto por problemas cardíacos.
A decisão de revogar o regime domiciliar foi assinada pelo desembargador José Raul Gavião Almeida, após recurso do Ministério Público de São Paulo (MP-SP). Em sua justificativa, o desembargador explicou que o ex-médico não poderia ter direito ao benefício, já que não cumpre pena em regime aberto. Almeida alegou ainda que problemas de saúde, apontados pela defesa de Abdelmassih, podem ser tratados dentro da prisão. 
Roger Abdelmassih foi condenado a mais de 173 anos de prisão. Antes de cumprir pena domiciliar, ele estava custodiado na Penitenciária Dr. José Augusto César Salgado, em Tremembé.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga