» » » Mortes de tartarugas marinhas aumentam 12% no Sul da Bahia

De acordo com o Projeto (A) Mar, no litoral sul da Bahia, apenas este ano, já foram encontradas um total de 100 tartarugas marinhas encalhadas.
Foto: Projeto (a)mar / Arquivo pessoal
O aumento nas mortes das tartarugas marinhas preocupa ambientalistas. De acordo com o Projeto (A) Mar, no litoral sul da Bahia, apenas este ano, já foram encontradas um total de 100 tartarugas marinhas encalhadas. Sendo que, duas estavam encalhadas vivas e 98 já chegaram mortas. Segundo o órgão, se comparado com mesmo período do ano passado, o aumento no índice dessas mortes chega em 12%.
A Bióloga e Coordenadora Geral Stella Tomás, falou sobre os animais encontrados. “Uma que chegou viva, não houve recuperação e veio a óbito. A segunda, que também encalhou viva, nesta quarta-feira (12) recebeu o nome de Netuno. É uma tartaruga com porte de cerca de 1.30m de comprimento total é com peso acima de 80 quilos. É um adulto, reprodutor”, lembrou.
Segundo a bióloga, após avaliação em campo foi decidido o resgate e o encaminhamento do animal para base de estabilização do Projeto (A) Mar. “O animal está sendo acompanhado pelo Coordenador do Núcleo de Encalhes de animais Marinhos e médico veterinário Dr. Wellington Laudano e também por mim. O quadro no momento do animal é estável”, disse.
A maioria dos encalhes de tartarugas marinhas acontecem nos municípios de Ilhéus, Maraú, Itacaré, Uruçuca, Una e por último Canavieiras. Em relação a maioria dos encalhes de tartarugas marinhas no sul da Bahia se deve aos seguintes fatores:
Emalhe acidental em rede de pesca (rede de arrasto; espinhel; de espera e rede fantasma), ingestão de resíduos plásticos e lixo marinho, poluição dos oceanos, doenças específicas (fibropapilomatose), impactos com veículos aquáticos, causas naturais. Lembrando que o Projeto atua com toda a fauna marinha.
De acordo com Stella Tomás, os índices atuais do Projeto (A) Mar são: 123 animais marinhos encalhados no sul da Bahia (aves marinhas; golfinhos; botos; baleias e tartarugas marinhas). “O maior índice se dá com as tartarugas marinhas que está com 100 encalhes, sendo 99 mortas e Netuno que está em reabilitação”, ressaltou a Coordenadora.
O projeto (A) Mar atua em prol da conservação costeira e marinha no litoral sul da Bahia, desenvolvendo ações de monitoramento ambiental, pesquisa científica, conscientização ecológica, cidadania e valorização cultural e artística.
Sua missão é espalhar o amor ao mar, aos ecossistemas costeiros e a natureza como um todo através de ações que estimulem a harmonia entre o ser humano e o meio ambiente. O lugar de atuação do projeto é o litoral sul da Bahia abrangendo 6 municípios: Ilhéus, Uruçuca (Serra Grande), Itacaré, Una, Canavieiras e Maraú.
De acordo com a equipe, o Projeto nasceu a partir de ações realizadas e/ou idealizadas pelos membros seus membros, buscando preencher lacunas sobre o conhecimento da biodiversidade costeira e marinha no sul da Bahia, além de fortalecer e promover o desenvolvimento sustentável na região.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga