» » Experiências do Projeto Mais e Melhor Educação: em Casa são apresentadas durante formação

Apresentar as aprendizagens geradas no contexto pandêmico do Projeto Mais e Melhor Educação: em Casa. Nessa perspectiva, a Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Secretaria da Educação (Seduc), participou da Formação Continuada Territorial realizada pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), na tarde desta segunda-feira (14/12).

A iniciativa faz parte dos Seminários Territoriais Saberes e Fazeres da Formação Continuada que reuniu gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores, estudantes e representantes das equipes técnicas dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e das Secretarias Municipais de Educação, dos 27 Territórios de Identidade da Bahia. O encontro foi transmitido de forma virtual, pelo canal do IAT no Youtube (youtube.com/institutoanisioteixeiraiat).

Os seminários têm como objetivo socializar as experiências pedagógicas desenvolvidas durante o ano de 2020, a partir dos estudos da Formação Continuada Territorial para duplas gestoras e equipes técnicas das secretarias municipais, com foco nos profissionais que atuam no Fundamental II e Ensino Médio.

O secretário Estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, participou do encontro e falou que esse tipo de evento serve para que os profissionais façam relatos, escutas, análises críticas, reflexões, exposições de boas práticas, dentre outros, que precisam ser compartilhados para os demais profissionais da educação do estado.

A equipe técnica da Seduc, que fez as explanações sobre a implementação, em Camaçari, do Projeto Mais e Melhor Educação: em Casa foi formada por Hosana Gonçalves, gerente de Currículo, e Priscila Ferrari, coordenadora Pedagógica Regional. Na oportunidade, elas destacam que o projeto foi criado como oferta emergencial no contexto da pandemia, como resultado da suspensão das aulas presenciais como forma de proteger toda a comunidade escolar da doença, o qual possibilitou a distribuição do Vale Merenda, do material pedagógico, dos kits escolares, da entrega do fardamento e do tênis e, principalmente, da interação com as famílias dos alunos, com a rotina de estudos em casa, e a manutenção da formação continuada dos profissionais.

A dupla gestora, que representou as demais escolas do município, foi formada por Karen Samano, gestora da Escola Municipal Catu de Abrantes e Kátia Pitanga, coordenadora Pedagógica da unidade de ensino. Na ocasião, elas falaram sobre as questões relacionadas à convivência no contexto escolar durante a pandemia e quais as estratégias utilizadas pelos profissionais para superar os novos desafios.

Ao final do encontro, o aluno Tiago Almir, do Colégio Estadual de Vila de Abrantes recitou um poema autoral intitulado “O sentido da vida”.  

Ainda participaram do encontro a diretora Geral do IAT, Cybele Amado de Oliveira, além de representantes da União dos Municípios da Bahia (UPB), da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), do Itaú Social e das Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES), dentre outros profissionais da educação que representam o Território Metropolitano.

Agência de Notícias - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga