» » Convertida para preventiva a prisão de taxista envolvido em triplo

Foto:SSPBA
O taxista que participou do triplo homicídio ocorrido na praia de Jaguaribe, em Salvador, teve a sua prisão em flagrante convertida para preventiva. A decisão foi informada, no sábado (9), após audiência de custódia.

Assim como aconteceu com os dois motociclistas presos preventivamente, o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) solicitou a conversão e o Tribunal de Justiça concedeu.  O taxista, capturado na Avenida Vasco da Gama, confessou que fez o transporte dos primos Felipe Fiúza e Caio Fiúza, até a praia de Jaguaribe e depois buscou os atiradores, no bairro de Itapuã. 

O motorista, que responde a cinco inquéritos por receptações de veículos roubados, informou que teria recebido 100 reais pelo serviço. 

"Mais uma etapa vencida pelas equipes do departamento (DHM e NI) e do DIP da Polícia Civil, nesse caso que revoltou os baianos.

Infelizmente, entre autores e coautores, temos indivíduos com passagens pela polícia e sistema prisional. Eles não deveriam estar nas ruas", comentou o diretor do DHPP, José Bezerra.  

O delegado acrescentou ainda que as equipes continuam trabalhando para capturar os primos responsáveis pelos disparos de armas de fogo. "Além das ações de inteligência, a população pode ajudar através dos telefones 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior)", completou Bezerra. Fonte: Ascom | Alberto Maraux

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga