» » Ministério da Saúde envia 80 cilindros de oxigênio hospitalar para Manaus

Carregamento partirá este sábado (16) do aeroporto de Campinas (SP).

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

O Ministério da Saúde envia neste sábado (16), por avião, 80 cilindros com oxigênio hospitalar para a cidade de Manaus (AM). A carga ajudará a abastecer e reforçar com o gás as unidades de saúde da região amazonense. O transporte será feito com a mesma aeronave que buscará, em breve, 2 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 em Mumbai, Índia.

O aparelho A330neo, da companhia Azul, que estava no pátio do aeroporto de Recife (PE), seguiu às 23h de sexta-feira (15) para o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), para ser carregado com o material.

Força-tarefa
Na sexta-feira (16), o Ministério da Saúde conseguiu cilindros de oxigênio para manter 61 bebês prematuros por mais 48h em leitos de UTI em Manaus (AM). A pasta já articulou com estados e municípios a disponibilidade inicial de 56 leitos de UTI que poderão receber os recém-nascidos, caso seja necessário: 25 em Curitiba (PR), 11 em Vitória (ES), 9 em Imperatriz (MA), 4 em Salvador (BA), 3 Feira de Santana (BA), 1 em Ariquemes (RO) e 3 no município de Macapá (AM).

Já os pacientes com Covid-19 internados em leitos clínicos em Manaus começaram a ser transferidos – também na sexta-feira (15/01) – para oito capitais brasileiras numa ação coordenada pelo Ministério da Saúde que visa desafogar a rede assistencial pública e privada do Amazonas. A articulação envolve os governos estaduais e também o Distrito Federal.

As transferências ocorreram por via aérea e já estão garantidos – de imediato – 149 leitos: 40 em São Luís (MA); 30 em Teresina (PI); 15 em João Pessoa (PB); 10 em Natal (RN); 20 em Goiânia (GO); 04 em Fortaleza (CE); 10 em Recife (PE) e 20 no Distrito Federal.

Até o momento, foram recrutados 198 médicos, 562 enfermeiros, 1.212 técnicos de enfermagem, 313 fisioterapeutas e 263 farmacêuticos que poderão fortalecer o atendimento nos serviços da rede pública de Manaus. No total, a pasta contatou 30.196 profissionais para atender à iniciativa.

Além da convocação de profissionais, o Ministério da Saúde também está levando equipamentos, insumos e medicamentos para fortalecer a assistência no Amazonas frente ao cenário epidemiológico do estado.

Foram enviados 700 cilindros de oxigênio, 78 ventiladores pulmonares, 40,5 mil unidades de medicamentos para intubação, 125 mil máscaras N95, 247 mil máscaras cirúrgicas, 200 mil luvas, 180 monitores, 373 bombas de infusão, 6.900 equipos e 78 ventiladores pulmonares (40 exclusivos para o interior do estado).


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga