» » Professor de jornalismo localizado morto após marcar encontro no Tinder

Foto:Reprodução
O professor de jornalismo da Unesp de Bauru, Ricardo Luís Nicola, de 52 anos, foi encontrado morto em sua casa na quarta-feira (17/03). O crime aconteceu em Jaú, no interior de São Paulo.

Conforme sites locais, a principal suspeita é que Nicola foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). A Polícia Militar informou em nota que dois suspeitos de participação na morte foram presos. As investigações apontam que um dos criminosos teria marcado um encontro com a vítima pelo aplicativo de relacionamentos Tinder para ter acesso à casa dele.

O corpo do docente foi encontrado pela família. Ele estava caído, já sem vida, com sinais de violência pelo corpo, “sinais notórios de agressão”, informou a polícia.

Os familiares notaram ainda que alguns pertences de Nicola tinham sido levados, como aparelhos eletrônicos, celular e o veículo. Os investigadores conseguiram localizar a dupla suspeita por meio do rastreamento dos sinais do GPS do aparelho telefônico do docente.

Em nota, a Unesp lamentou a morte do docente. “Estamos todos consternados com a perda desse professor jovem, ainda que dedicado à universidade havia mais de 30 anos, atuando ativamente nos cursos de graduação e pós-graduação. Prestamos nossa homenagem ao professor Ricardo Luís Nicola e nossa solidariedade aos seus familiares, colegas e estudantes por essa irreparável perda, de modo tão repentino e violento”, afirma o comunicado.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga