» » Foragido vai fazer carteira de identidade e é preso no Alto do Peru em Salvador

O homicida foi fazer uma carteira de identidade no Centro de Documentação e Estatística Policial (CDEP), quando foi descoberto.

Foto: Haeckel Dias / SSP-BA

A Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) cumpriu, na sexta-feira (23), dois mandados de prisão. O primeiro possuía dois mandados por tráfico de drogas. Já o segundo era procurado pela Polícia Civil, desde 2013, após executar um homem no Alto do Peru em Salvador. Ele foi preso ao ser identificado fazendo documento de identidade.

Os mandados do suspeito de tráfico foram expedidos pela 1ª e 2ª Vara de Tóxicos de Salvador. Ele atuava na região de São Caetano. Já em relação ao segundo, o mandado foi decretado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, também da capital baiana.

“O homicida foi fazer uma carteira de identidade no Centro de Documentação e Estatística Policial (CDEP), quando foi descoberto. Ele é acusado do assassinato de Jonatas Nunes Borges, em agosto de 2013, e desde então estava foragido da Justiça”, informou o coordenador da Polinter, delegado Arthur Gallas.

Ambos foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, onde seguem à disposição da Justiça.

Fonte:Acorda Cidade


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga