» » Camaçari poderá ter um hospital escola

Dando prosseguimento à agenda de reuniões em Brasília, o prefeito Elinaldo Araújo esteve reunido, na tarde desta quinta-feira (27/5), com o ministro da Cidadania, João Roma, e representantes do Ministério da Economia. O assunto em pauta foi a continuação das tratativas a respeito dos recursos para a construção do Hospital Municipal de Camaçari.

A novidade é que, durante o diálogo, se abriu uma possibilidade do equipamento de saúde, ao ser instalado, tornar-se também um hospital escola, considerando a grande procura de instituições de ensino em saúde e a importância da integração do ensino com serviço para a qualidade no atendimento, fortalecendo a educação de ensino superior na área de saúde para a população.

O hospital escola servirá de campo de formação para estudantes da área de saúde, visto que, de acordo com informações da Secretaria da Saúde (Sesau), existe muita procura de alunos desta área para estagiar nas unidades de saúde do município. Por conta desta grande procura de campo de estágio dos munícipes e, na tentativa de qualificar cada vez mais o SUS e o ensino superior em Camaçari, ficou acordado que o município iria elaborar estudos para apresentar a proposta da criação do hospital escola à Corporação Andina de Fomento (CAF) - autoidentificada Banco de Desenvolvimento da América Latina.

A possibilidade da criação de um hospital escola no munícipio e o ganho que Camaçari e a população terá com isso, deixou o prefeito Elinaldo bastante animado. De acordo com ele, está retornando de Brasília otimista com os desdobramentos dessas reuniões, pois foram encontros proveitosos e de sucesso.

“Além dos demais equipamentos que estão sendo buscados, como o Hospital Municipal de Camaçari, há um PA para a localidade de Monte Gordo, e um multicentro para a sede do município, estruturas que servirão não apenas para prestar o atendimento à população, mas para atende à demanda evidenciada no momento, por conta da pandemia”, disse o prefeito ao reafirmar que a perspectiva de ter um hospital escola, ‘é formidável”, concluiu.

O chefe do Executivo ainda falou que o hospital escola servirá, sobretudo, para ser campo de estágio e ensino, o que fará com que a cidade tenha uma qualidade maior na assistência à saúde. “Desta forma, poderemos atrair faculdades de medicina para o município, o que será um importante movimento para Camaçari”, ressaltou.

O próximo passo agora está a cargo das secretarias da Saúde (Sesau) e da Infraestrutura (Seinfra), que vão atuar em conjunto, para fazer a gestão das tratativas junto aos ministérios da Economia e da Cidadania com o objetivo de obter êxito nesse novo pleito.

Ainda estiveram presentes no encontro, os secretários da Saúde, Elias Natan, e da Infraestrutura, Joselene Cardim, além da diretora de Planejamento da Secretaria de Saúde da Sesau, Tamy Fonseca, e a coordenadora da Unidade de Gerenciamento do Programa (UGP/CAF), Ana Paula Boson. Representantes da Secretaria de Assuntos Econômicos Internacionais (SAIN), ligada ao Ministério da Economia também participaram.

Foto: Arquivo Ascom

Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga