» » Autor de denuncia investigada na Operação Faroeste é assassinado

Paulo Antônio Ribas Grendene, de 61 anos, sofreu ataque a tiros dados por dois homens encapuzados.

 Foto: reprodução redes sociais

O agricultor Paulo Antônio Ribas Grendene, 61 anos, foi morto a tiros na cidade de Barreiras. A vítima, segundo a associação de produtores local, informou em nota que a vítima denunciou à polícia que suas terras estavam sendo invadidas por pessoas ligadas aos investigados pela Operação Faroeste. As informações são do G1 Bahia;

Paulo Grendene foi atacado por dois homens encapuzados. A polícia já iniciou as investigações, através das imagens das câmeras de segurança da rua. Não foi informado se o crime tem relação com os envolvidos na Operação Faroeste.

A Operação Faroeste começou no final de 2019, com a prisão de quatro advogados, o cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão e o afastamento dos seis magistrados – entre eles o presidente do TJ-BA da época.

Autorizada pelo ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiçã, a operação apura um esquema de venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores da Bahia, com a participação de membros de outros poderes. O esquema supostamente consistia na legalização de terras griladas no oeste do estado. As investigações da Faroeste tem continuídade em várias fases da operação. Com informações do G1 Bahia.


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga