» » Em audiência pública, Seduc presta contas do 1º quadrimestre de 2021

Foi realizada, na manhã desta quarta-feira (2/6), de forma virtual, a Audiência Pública para prestação de contas da Secretaria da Educação (Seduc), referente ao 1º quadrimestre de 2021. O ato foi conduzido pelo presidente da Comissão de Educação e Assistência Social, o vereador Jamessom, diretamente da Câmara Municipal de Camaçari.

Na ocasião, a gestora da Seduc, Neurilene Martins, fez um retrospecto das ações realizadas com foco nos trabalhos do Mais e Melhor Educação: em casa, que nortearam, segundo a secretária, o 1º quadriênio da pasta. Neurilene abordou os trabalhos desde a finalização do ano letivo 2020, assim como os esforços da gestão na realização da escuta de Comitês Escolares, das Escolas Formadoras, da Jornada Pedagógica 2021, além do empenho para possibilitar o funcionamento do protocolo sanitário de ambientes educacionais, a oferta do Vale Merenda e garantia das aulas remotas.


Neurilene agradeceu o esforço de todos os envolvidos na construção de uma educação melhor, tendo em vista todas as dificuldades impostas pelo enfrentamento da pandemia. “Neste contexto de extremos desafios pandêmicos, é preciso uma equipe coesa e debruçada na resolução dos inúmeros problemas decorrente do momento atual. Então, agradeço a contribuição de todos e sinalizo que esse momento que nos une, demonstra a nossa luta pela valorização e garantia do ensino e da aprendizagem dos estudantes”, disse ao parabenizar o compromisso dos parlamentares com a educação do município.
Outro momento importante da audiência foi conduzido por Francisco Lima, diretor de Planejamento, Gestão e Finanças da Seduc, que na oportunidade apresentou o balanço dos investimentos realizados e os projetos desenvolvidos na área educacional do município, com detalhamento nas atividades e nos recursos promovidos à pasta.

De acordo com Francisco, diante da receita orçamentária da Seduc, equivalente a um pouco mais de R$ 328 milhões (anual), até o mês de abril de 2021, com recursos próprios resultantes de impostos e transferências, foi aplicada (liquidado) em manutenção e desenvolvimento da educação básica a quantia de 69 milhões de reais, representando 21,45% da arrecadação mensal da receita de impostos e transferências constitucionais de que trata a Emenda Constitucional (EC) 14/96.
Ainda durante a audiência, o diretor financeiro da Seduc fez uma explanação acerca dos investimentos pagos com a manutenção das unidades escolares, com recursos próprios, recursos da Corporação Andina de Fomento (CAF) e ainda com recursos do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA).

Alguns questionamentos foram feitos e direcionados à secretária Neurilene, que oportunamente respondeu a todas as perguntas. O parlamentar Jamessom parabenizou a equipe da Seduc pela clareza e transparência na explanação. O evento contou com a participação de edis da Casa Legislativa, além de representantes sindicais, diretores, professores, coordenadores pedagógicos, pais de alunos e demais representantes da esfera educacional.

Foto: Jean Victor

--
Agência de Notícias
Coordenadoria de Jornalismo e Imprensa
Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga