» » Ex-jogador do Milan de 20 anos encontrado morto relata em carta ataques racistas

 A Sky Sport informou na última sexta-feira, 04, que.

O corpo de Seid Visin, ex-jogador dos times juvenis do Milan e Benevento, de apenas 20 anos, foi encontrado em um apartamento, na última sexta-feira (04/06).

O jovem natural da Etiópia foi recebido por um casal de Nocera Inferiore (Salerno, Itália) antes de se mudar para o Milan. Ele dividia o vestiário com Gianluigi Donnarumma, atual goleiro do Milan, e passou pelas categorias inferiores do Benevento antes de ser contratado pelo Atlético de Vitalica, equipe italiana de futsal da Série D.

Esse foi o último clube e responsável pelo anuncio o morte trágica. Confome o Sky Sport, relatos na Itália apontam que ele se suicidou na casa de sua família em Nocera, após sofrer constantes abusos racistas ao longo dos anos.

De acordo com o Corriere dello Sport, uma carta comovente que Visin escreveu foi lida em seu funeral no sábado (05/06). Seid também explicou que sentia que o racismo que estava sofrendo era resultado do aumento de migrantes que se mudavam para a Itália.

“Onde quer que eu vá, onde quer que esteja, sinto o peso de olhares céticos, preconceituosos, de nojo e medo das pessoas. Não sou imigrante, fui adotado em criança e lembro que todos me amavam. Em todos os lugares que eu ia, todos falavam comigo com alegria, respeito e curiosidade. Agora parece que tudo está ao contrário”, escreveu em uma carta em 2019.

O goleiro italiano Gianluigi Donnarumma foi colega de quarto de Visin enquanto ele estava no Milan. Donnarumma foi um dos muitos que o homenagearam, dizendo à ANSA: “Conheci o Seid assim que cheguei a Milão, vivíamos juntos em um internato, alguns anos se passaram mas não posso e não quero esquecer aquele sorriso incrível dele, aquela alegria de viver. Ele era um amigo, um menino como eu.”

CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV (Centro de Valorização da Vida) e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por email, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga