» » Governo decide nesta quarta-feira cidades baianas que terão 100% da população imunizada

Rui se reúne com equipes da Sesab para definir lista de municípios, que precisam estar próximos de Salvador e ter em torno de 50 mil habitantes.

                                                                            Foto: Reprodução/TV Bahia

As cidades baianas que forem contempladas com a Sputnik V poderão ficar livres da Covid-19 em poucos dias. É o que afirmou nesta quarta-feira (16) o governador da Bahia, Rui Costa (PT). De acordo com ele, a lista com os municípios escolhidos será definida ainda hoje. Nestas localidades, toda a população com idade entre 18 anos e 60 anos será vacinada.

Segundo informou o governador, assim que chegarem as 300 mil doses da vacina produzida na Rússia, 100% da população do público-alvo definido será imunizada em cerca de dez dias. “Livraríamos essa cidade do contágio e das mortes, mas também apresentaríamos os resultados sobre o falso debate da vacina. Com isso, teríamos um efeito de demonstração para a Anvisa, para o país e para o mundo. Hoje vamos definir esses municípios”, disse em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia.

Alguns dos critérios para a escolha das cidades é que não seja distante de Salvador e que tenha cerca de 50 mil habitantes, de modo a viabilizar o monitoramento das pessoas vacinadas e o cumprimento das restrições determinadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para liberar a vacina. Salvador, portanto, ficará de fora da primeira remessa.

Dinâmica de aplicação – O lote recebido será dividido entre 150 mil doses para a primeira dose e o restante ficará para a dose de reforço. O governador se reunirá com equipes da Sesab (Secretaria de Saúde da Bahia) para definir os ajustes e anunciar os municípios que receberão a vacinação em massa. “Devemos pegar cidades sem muita distância de Salvador, que garantam uma logística de monitoramento e vacinação. Queremos apresentar o relatório o mais rápido possível para que tenhamos a liberação das dez milhões de doses. Afinal, a Bahia comprou dez milhões de doses”, afirmou Rui.

Com a liberação total da aquisição, ocorrida por meio de negociação entre Fundo Soberano Russo e governadores do Nordeste, aproximadamente 80% da população da Bahia estaria imunizada contra a doença nos próximos meses, já que pouco mais de 3 milhões de pessoas foram vacinadas.

“A expectativa é muito grande. A Anvisa pediu para aplicar no primeiro grupo. Assim que aplicarmos a primeira dose e tivermos resultado, vamos pedir já na primeira dose a autorização para que libere um lote maior ou todo lote. Outros países apresentaram resultados, como Argentina e México, apontando queda drástica no número de contaminados e internados. Aplicando a primeira dose, os resultados devem começar a aparecer em 15 dias, com redução nos números. É um grande presente, confesso que estou ansioso para essa vacinação em massa”, revelou o governador.

As 300 mil doses da vacina estão previstas para chegarem no Brasil nos primeiros dias de julho. Como foi uma negociação sem o governo federal, o lote não passa por Brasília, sendo enviada diretamente para Recife. “Cada estado pega seu lote lá. Vamos mandar buscar e iniciar a vacinação imediatamente”, garantiu Rui.Fonte:Secom/Gov


About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga