» » Júnior Borges comemora decisão do TJ-BA de manter prioridade da imprensa na vacinação contra Covid-19

Um dia após o presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador Júnior Borges (DEM), ter apresentado indicação solicitando ao Poder Executivo a inclusão dos profissionais de imprensa no grupo prioritário para receber a vacinação contra a Covid-19, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) protagoniza uma importante vitória da categoria no pleito pela imunização. Nesta quarta-feira (2/5), a instância jurídica demonstrou ter entendimento semelhante ao manifestado pelo demista, posicionando-se contra as argumentações do Ministério Público Estadual (MP-BA), que quer os comunicadores fora da lista prioritária por considerar a medida “uma afronta às orientações do SUS”.

O Sindicato dos Jornalistas na Bahia (Sinjorba) comemorou o fato do TJ-BA ter tomado decisão contrária ao mandado de segurança impetrado pelo MP-BA, indeferindo a tentativa de intervenção contra a categoria. “Agora não há razão alguma para não vacinar os profissionais de comunicação que estão na linha de frente no combate à Covid. É vacina já!”, disse Moacy Neves, presidente do órgão representativo.

No que depender do chefe do Legislativo de Camaçari, o processo de inclusão da imprensa no grupo prioritário está bem encaminhado, já que nesta terça-feira (1º/6), a Indicação Nº 447/2021, de sua autoria, formalizou esta solicitação junto à prefeitura após ser aprovado em atividade plenária. “É uma categoria que nunca parou, participando ativamente da luta cotidiana contra o coronavírus, desmascarando notícias falsas e mantendo a população bem informada. Devido à relevância deste trabalho de utilidade pública, direcionei ao governo municipal este pedido para que eles recebam a vacina de forma prioritária”, explicou o parlamentar, comemorando o entendimento do TJ-BA.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga