» » Júnior Borges vai à Brasília defender a continuidade do REIQ


O presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador Júnior Borges (DEM), foi à Brasília buscar soluções para a ameaça de suspensão do Regime Especial da Indústria Química (REIQ), instrumento importante para a manutenção da competitividade e capacidade produtiva do setor. No Distrito Federal, foi recebido, na manhã desta terça-feira (15/6), pelo ministro da Cidadania, João Roma, para quem expôs o risco da revogação do regime para a cidade de Camaçari, para a Bahia e para o país, cujas consequências incluem a extinção de postos de trabalho e a diminuição ou até fechamento de plantas fabris. 

O democrata estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), e por uma comitiva formada por parlamentares da cidade de Camaçari. Na ocasião, além da conversa na qual teve a oportunidade de apresentar seus temores em relação a esta manobra fiscal, também entregou um relatório por escrito contendo informações importantes sobre os impactos da suspensão do REIQ. Além disso, o chefe do Legislativo de Camaçari também solicitou de João Roma apoio para agendamento de uma audiência com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para dar seguimento à mobilização em favor do referido regime. 

Ao final do encontro, Júnior Borges agradeceu ao ministro pela receptividade e por demonstrar sensibilidade diante da causa, já que este afirmou que, de fato, a indústria química precisa avançar em competitividade e superar os paradigmas do custo Brasil. “Tenho participado, junto com o presidente Geraldo Júnior, desta agenda em favor do REIQ, e estamos gratos pela forma como nos acolheu e nos ouviu hoje, bem como pelo apoio para levar nossas demandas até o ministro Paulo Guedes”, avaliou o vereador.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga