» » Tragédia brasileira dos 500 mil mortos repercute na imprensa internacional

A cobertura da imprensa internacional sobre as marchas afirma que há uma indignação crescente dos brasileiros por conta do número alto de vítimas da pandemia no país.

Foto: Romildo de Jesus

O trágico número de 500 mil brasileiros mortos em decorrência da Covid-19 registrados no último sábado (19) e os protestos contra o presidente Jair Bolsonaro ocuparam as páginas dos principais veículos internacionais neste fim de semana.

A cobertura da imprensa internacional sobre os 500 mil mortos no Brasil e as marchas afirma que há uma indignação crescente dos brasileiros por conta do número alto de vítimas da pandemia no país.

Também retrata a situação "crítica" do Brasil, onde a vacinação lenta e o descontrole do vírus podem levar a uma terceira onda e um número ainda maior de mortos pelo vírus.

"Brasil ultrapassa marco sombrio de 500 mil mortes por Covid-19 em meio a protestos", diz o título de reportagem do jornal britânico The Independent. A foto principal que ilustra a reportagem é de uma mulher em um protesto com a frase "Fora Bolsonaro" estampando sua máscara.

O jornal britânico The Guardian registrou em reportagem que os protestos contra Bolsonaro têm ganhado "impulso" em meio a uma curva ascendente de casos de Covid-19 no país.

A BBC destacou como o Brasil alcançou 500 mil mortes em meio a uma situação "crítica", com uma crise que pode piorar pela vacinação lenta e o início do inverno.

"O vírus continua a se espalhar enquanto o presidente Jair Bolsonaro se recusa a apoiar medidas como o distanciamento social."

O espanhol El País publicou reportagem no sábado (19) destacando como os "meio milhão de mortos" por Covid-19 compõem o segundo maior número do mundo.

"O triste marco de 500.000 mortos é chocante. O único país onde mais pessoas perderam a vida devido à doença foram os Estados Unidos", diz o texto, em que há vozes de brasileiros que perderam entes queridos.

A informação de que o Brasil se tornou o segundo país do mundo a superar 500 mil mortos por Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, também foi destaque no jornal The Times of Israel.

No americano The Washington Post, uma reportagem da Associated Press mostra como manifestantes foram às ruas em diversas cidades do Brasil no dia em que o Brasil chegou a 500 mil mortes por Covid-19.

Fonte: BBC



About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga