» » Quarteto integrante de organização criminosa é localizado pela PM

Foto: Divulgação SSP
Equipes do 19º BPM (Jequié) identificaram os suspeitos, na manhã desta quinta-feira (5), após denúncias da venda de entorpecentes no município de Jaguaquara.

 Duas pistolas calibre 9 milímetros – uma delas de fabricação turca – uma granada, quatro balaclavas, drogas e munições foram apreendidas por equipes do 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Jequié), no final da manhã desta quinta-feira (5), no município de Jaguaquara, Sudoeste do estado. Quatro pessoas foram localizadas – uma delas com dois mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas .

Denúncias anônimas sobre a presença de integrantes de uma organização criminosa atuante naquele município e em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), levaram os policiais até os bairros Ceará e Arco-íris . No primeiro local indicado, uma pequena quantidade de drogas foi encontrada e, após os PMs chegarem no segundo ponto, foram recebidos a tiros pelos suspeitos.


“Três deles atiraram contra nossas unidades e correram para um matagal. Assim que entramos na parte de mata fechada, percebemos que um dos homens foi atingido e conseguiu fugir e outros dois foram feridos”, contou o subcomandante do 19º BPM, major Francisco José Moreira. Os criminosos foram levados para o Hospital Municipal de Jaguaquara, mas não resistiram.

Foto: Divulgação SSP
Equipes do 19º BPM (Jequié) identificaram os suspeitos, na manhã desta quinta-feira (5), após denúncias da venda de entorpecentes no município de Jaguaquara.


Outras duas integrantes do bando, companheiras dos homens, seguiram para a Delegacia Territorial (DT) do município, junto com 75 munições de calibre 9mm, três carregadores de pistola, oito tabletes de maconha, 59 trouxas da erva e de cocaína, 33 pedras de crack e R$ 66. Elas prestarão depoimento mas, segundo o titular da unidade, delegado Chardson Castro de Oliveira, serão autuadas por tráfico de drogas e associação e aguardam audiência de custódia.


O policial ainda explicou que denúncias sobre o paradeiro do terceiro suspeito podem ser encaminhadas para o Disque Denúncia da SSP (181) ou para o 190. “Peço que os hospitais que receberem pacientes com ferimentos por tiro, que avisem a polícia”, concluiu Chardson.

Fonte: Ascom / Rafael Rodrigues

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga