» » 21 cientistas renunciam homenagem após Bolsonaro retirar medalha de pesquisador

 A decisão foi divulgada em uma carta aberta, em protesto contra a ação do presidente.

Foto: Reprodução

Após o presidente Jair Bolsonaro retirar medalha de pesquisador contrário ao uso de cloroquina para tratamento da Covid-19, 21 outros cientistas recusaram indicação à Ordem Nacional do Mérito Científico. Em carta aberta divulgada neste sábado (6), o grupo afirmou que o Governo Federal "ativamente boicota as recomendações da epidemiologia e da saúde coletiva", por isso, não seria considerado coerente com as suas "trajetórias científicas".

A decisão foi uma forma encontrada pelo grupo de se mostrarem solidários aos colegas que tiveram a honraria negada por Bolsonaro. A Ordem Nacional do Mérito Científico é concedida anualmente para homenagear pessoas que se dedicaram ao avanço da ciência no país. 

Os cientistas retirados pelo presidente da lista foram: Marcus Vinícius Guimarães de Lacerda, da Fiocruz, que era contrário ao uso da cloroquina no tratamento de Covid-19 e a pesquisadora Adele Benzaken, diretora da mesma instituição. 

Apesar da recusa, o grupo agradeceu à Academia Brasileira de Ciências e pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) pelas indicações e disseram estarem honrados com a possibilidade de serem agraciados com a honraria. A lista dos 21 cientistas inclui pesquisadores de diversidades universidades e instituições brasileiras. Fonte:Metro1

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga