» » Bebê entra sozinha na piscina e é salva pelo pai após alerta do irmão

Um vídeo que mostra uma bebê entrando em uma piscina sozinha viralizou nas redes sociais nesta semana. Nas imagens é possível ver Bella Araújo Alves, de apenas 1 ano e quatro meses, aproximando-se da água e entrando logo em seguida. Na sequência, o irmão da menina percebe a situação e chama pelo pai que corre para salvá-la. O caso aconteceu no dia 12 de setembro, em Matrinchã, no estado de Goiás.

Foto:G1

É possível ver que o pai, Cleyton Alves Pinto, 38 anos, estava em uma rede de costas para a entrada da área da piscina. Após salvar a menina, o pai ficou sem reação. “Ele assoprou o rosto da Bella, mas ela não bebeu água, ou se bebeu, foi muito pouca. Ela ficou bem, não teve nada”, contou Karlla Lohara Araujo Sousa, 28, ao G1.

A família estava reunida na piscina e em determinado momento, começou a ventar muito forte. O filho mais velho, Miguel Araújo Alves Azevedo, de 5 anos, decidiu sair da água. “Na hora que começou a ventar, meu filho ficou com medo e saiu. Logo depois, começou a chover muito forte e meu esposo também saiu com a Bella e a me entregou para trocá-la no quarto”, acrescentou Karlla.

Foto:G1

Enquanto trocava a filha, o marido deitou na rede para esperar a chuva passar para, em seguida, poder colocar a lona de proteção na piscina. No entanto, após ter a roupa trocada, a filha do casal foi para a área de lazer, momento em que entrou na água.

“Aqui tem uma porta de vidro que dá acesso à área de lazer. Ela estava fechada, mas o Miguel passou e acabou deixando aberta, por isso ela foi. O pai achou que a Bella ainda estava comigo no quarto”, explicou Karlla.

Foto:G1

Conforme a mãe, ela postou o vídeo com a intenção de alertar outros pais do perigo de crianças com piscina em casa. “Eu só queria alertar. Acidentes acontecem o tempo todo e muitos podem ser evitados. A gente toma o maior cuidado, mas as coisas acontecem em segundos”, disse ao G1.

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga