» » PC e PM localizam dupla que chefiava com tiros pelos criminosos tráfico em Ibicuí

Com passagens por tráfico de drogas e homicídio, dois suspeitos foram localizados, na noite de quinta-feira (18), após ação conjunta entre as polícias Civil e Militar no município de Ibicuí, Sudoeste baiano. Homens, que controlavam o tráfico de drogas na região, foram encontrados após denúncias anônimas sobre possível esconderijo.

Foto: Divulgação SSP
Homens que ostentavam armas foram encontrados, após denúncias anônimas, na noite de quinta-feira (18)

Equipes das Delegacias Territoriais (DTs) de Ibicuí e de Iguaí, além de guarnições da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapetinga) seguiram até o bairro de Tancredo Neves, na localidade conhecida como ‘Roça Comunitária do Matadouro’. No local as equipes foram recebidas com tiros pelos criminosos. 

Conforme explicou o titular da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Itapetinga, delegado Antônio Roberto Gomes, houve confronto e dois criminosos acabaram feridos. “Ambos foram socorridos para o Hospital de Iguaí, mas um não resistiu. O outro foi levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, onde segue custodiado”, disse o delegado.                                    


                                              
                                                                                          Foto: Divulgação SSP
Homens que ostentavam armas foram encontrados, após denúncias anônimas, na noite de quinta-feira (18)

Com a dupla cforam encontrados dois revólveres calibres 38, munições, 16 pedras de crack, sete pinos de cocaína, três trouxas de maconha e um celular. 


“O criminoso foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e tentativa de homicídio, já que atirou contra as guarnições. Ele segue à disposição da Justiça”, concluiu Antônio.



Fonte: Ascom | Rafael Rodrigues

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga