» » Lava Jato vê o velho como novo em Campo Formoso

Foto:Policia Federal
As ramificações do doleiro Dário Messer em Campo Formoso, alvo da Operação Marakata, um ramificação da Lava Jato, segundo o deputado Adolfo Menezes (PSD), filho da terra, teve como foco o pagamento de esmeraldas, em dólar, via caixa 2, é algo bastante parecido como se alguém anunciasse agora a descoberta da pólvora:
— Sempre foi assim. Os indianos nunca pagam à vista. Eles dão um papel qualquer e o dinheiro, em dólar, sempre chega três meses depois.
Adolfo diz que ‘as esculturas de esmeraldas’ apreendidas também são um blefe:
— Não são esmeraldas pura não é. São as primas pobres, pedras de segunda categoria. No Brasil tem isso. Perde muito porque nossas autoridades não entendem de pedras preciosas.Bahia.ba

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply