» » » Integração no transporte só poderá ser feita entre ônibus com placas de cores diferentes

Para facilitar o dia a dia dos usuários do sistema de transporte público do município que realizam a integração, os ônibus agora serão identificados com placas nas cores azul e amarelo, localizadas abaixo do itinerário do veículo.

A Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT) e o Camaçari Card explicam que para realizar a integração as pessoas que saem do seu ponto de origem em carros com a placa amarela só podem integrar com outro veículo com placa azul. Respeitando essa regra, o passageiro pode integrar de qualquer ponto de ônibus pelo período de uma hora.

O superintende da STT, Cel. Alfredo Castro, reforça que o encerramento das atividades do Terminal de Integral Rodoviário (TIR) foi necessário para acelerar o processo de modernização do serviço, visto que a integração em terminais fechados perdeu a praticidade com a implantação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE). “Agora o TIR será um ponto como qualquer outro e para integrar no local é necessário ter o cartão do Camaçari Card, ou seja, o bilhete eletrônico”.

O gestor pontuou ainda que antes o usuário só dispunha de um ponto para integrar e que por conta disso sempre se deslocava até o terminal para utilizar o benefício, o que muitas vezes aumentava o tempo de viagem do cidadão. “Agora com o SBE, isso muda. A pessoa tem seu tempo de deslocamento otimizado”, concluiu.

Durante o período de adaptação, que segue até o dia 15 de fevereiro, o cidadão poderá adquirir o cartão avulso em qualquer um dos cinco postos de vendas do cartão Camaçari Card, e o valor pago será revertido para uso com passagens. O investimento pode ser feito nos valores de R$5 ou R$ 10. A partir do dia 16, o cartão passa a custar R$5 e o valor deixa de ser usado para uso no transporte.

O Camaçari Card conta com duas opções de cartão, o identificado e o avulso. Para ter o primeiro tipo, o passageiro deve se deslocar até a sede da empresa, localizada na Rua das Almas, nº 17, no Bairro dos 46, munido de Rg, CPF e comprovante de residência. A emissão da primeira via é gratuita.

No caso dos avulsos, não há necessidade de cadastro, é necessário o pagamento da taxa de aquisição e pode ser adquirido em qualquer um dos cinco postos, situados: no andar térreo do Edifício Montblanc, no centro; na Panificadora Manancial, na Gleba E; na lanchonete Gabriel Lanches, no Terminal de Integração Sede e Orla (Tiso); na Estação Rodoviária; e na sede, nos 46. Todos os pontos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Aos sábados também funcionam, com exceção da sede da empresa.

A implantação do bilhete eletrônico representa não apenas a economia no tempo, como também de investimento, já que com o pagamento de apenas uma passagem o passageiro chega ao seu destino. Outro ponto positivo do novo sistema é a segurança, uma vez que o cidadão não necessita andar com dinheiro em mãos diariamente. Foto: Tiago Pacheco

Agência de Noticias PMC

About Conexão Cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply