» » » Luiz Henrique Mandetta é demitido do Ministério da Saúde: "desejo êxito ao meu sucessor"

Titular da pasta da Saúde, médico ortopedista entrou em rota de colisão com o presidente após defender o isolamento social para combate ao coronavírus.
Foto : Isac Nóbrega/PR
Luiz Henrique Mandetta anunciou, na tarde desta quinta-feira (16/4), sua saída do Ministério da Saúde. Em postagem publicada em seu perfil no Twitter, o agora ex-ministro disse que foi demitido pelo próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
"Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de por de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar", escreveu Mandetta, em mensagem na rede social.
A relação entre Mandetta e Bolsonaro começou a estremecer desde o início da pandemia de coronavírus no Brasil. O ex-ministro defendia o isolamento social horizontal (envolvendo pessoas dentro e fora dos grupos de risco da doença), enquanto o presidente defende o isolamento vertical (apenas para pessoas nos grupos de risco). Por conta das divergências, a saída de Mandetta já era esperada.
Apesar da demissão, o ex-ministro agradeceu a equipe que trabalhou com ele no ministério, e desejou sucesso para quem assumir a pasta. "Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país", completou.
Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde.
Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e
de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.
5.011 pessoas estão falando sobre isso
Com a saída de Mandetta, quem está cotado para assumir o cargo é o oncologista Nelson Teich. O anúncio deve ser feito ainda nesta quarta (16/4). 
HISTÓRICO
Mandetta iniciou a carreira como médico no Hospital Geral do Exército e, em 1993, passou a compor o quadro de médicos da Santa Casa de Campo Grande (MS).
De 2005 a 2010, assumiu a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (MS). Após esse período, exerceu dois mandatos como deputado federal pelo Mato Grosso do Sul (2011 e 2018), voltado para as áreas sociais, especialmente  saúde, medicina, assistência social e educação, compondo comissões e subcomissões temáticas, além representante do grupo de parlamentares brasileiros no Parlamento do Mercosul.

O ministro ingressou no governo Bolsonaro no final de novembro do ano passado, quando aceitou o convite do presidente.Fonte:/Agência Brasil

About www.conexao cidade

Saiba de tudo que acontece em Camaçari, na Bahia no Brasil e no Mundo.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga